FRALDAS ANALÍTICAS PARA DOENTES ONCOLÓGICOS VENCEM O ANGELINI UNIVERSITY AWARD! 2015/2016

O projeto “Fraldas Analíticas: BabyKnow & KnAUA AngeliniowU”, desenvolvido por um grupo de alunas da Universidade da Beira Interior, foi o grande vencedor da 7.ª edição do Angelini University Award! 2015/2016, uma iniciativa anual da Angelini Farmacêutica.

Este projeto pioneiro vem revolucionar a monitorização e análise da urina em doentes oncológicos em situação de cuidados paliativos, através de um sistema não invasivo, que permite recolher e realizar a análise da urina tipo II. Os resultados das análises realizadas são disponibilizados através de uma aplicação para smartphones. As “Fraldas Analíticas: BabyKnow & KnowU” podem, assim, antecipar problemas, através da monitorização eficaz dos parâmetros de saúde dos doentes, e proporcionar uma maior qualidade de vida aos doentes oncológicos. O projeto vencedor recebeu um prémio monetário no valor 8.000€ (5.000€ – candidatos, 2.000€ – professores e 1.000€ – project advisor).

Em segundo lugar, eleito pelo júri e pelo público presente na Cerimónia de Apresentação dos trabalhos, ficou o projeto Cuidados Paliativos Pediátricos – Borboleta Branca, do Instituto Politécnico de Castelo Branco, Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias. Tendo como mote o “brincar terapêutico”, este projeto pretende atingir a verdadeira essência do cuidado de enfermagem e facilitar o dia-a-dia dos doentes e dos seus familiares. Através de uma plataforma digital os pais, os cuidadores podem consultar informação sobre a doença e procedimentos de diagnóstico ou terapêuticos, partilhar experiências num fórum disponível para este efeito, ou adquirir um boneco personalizado à imagem do doente, que assumiria o papel de companheiro de viagem. Esta plataforma permite à criança aprender estratégias para reduzir o medo e a ansiedade e, simultaneamente, estimular o desenvolvimento de estratégias cognitivas comportamentais e sensoriais que favorecem o controlo da dor, através do ato de brincar. Ao grupo classificado em segundo lugar foi atribuído o valor de 2.500€, 1.000€ ao docente e 500€ ao project advisor

Nesta edição, os alunos foram desafiados a desenvolverem projetos relacionados com os cuidados paliativos em doentes oncológicos, com o objetivo de estimular a criatividade e inovação dos estudantes universitários sobre este tema específico do Setor da Saúde e premiar a investigação académica.

De acordo com o Professor Manuel Luís Capelas (Presidente da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos) “esta é uma área à qual se deveria prestar mais atenção, pois os Cuidados Paliativos são um direito humano básico para todas as pessoas portadoras de doenças crónicas limitantes. Contudo, ainda há um grande número de doentes que não chegam a ter acesso a estes cuidados. É fundamental mudar esta realidade, sendo que estas iniciativas dão um importante contributo para esta mudança de atitude”.

A 7.ª edição do concurso da Angelini Farmacêutica contou com 55 inscrições, 42 projetos submetidos, envolveu 193 candidatos e 34 docentes de 33 universidades e politécnicos de norte a sul do país.

O Angelini University Award! 2015/2016 contou com um painel de júris especialistas no tema desta edição: Professor Manuel Luís Capelas (Presidente da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos), Dr.ª Isabel Nery (Jornalista na revista VISÃO), Dr. João Paulo Guimarães (Diretor Médico da Angelini) e o Dr. Rui de Carvalho (Diretor Comercial da Angelini).

A cerimónia de apresentação e entrega do Angelini University Award! 2015/2016 teve lugar dia 13 de outubro, no Pavilhão do Conhecimento.

Atribuído anualmente pela Angelini Farmacêutica, o Angelini University Award! foi criado em 2009 com o objetivo de estimular a aplicação, por parte da população universitária, dos conhecimentos académicos no desenvolvimento de projetos de cariz prático. Considerando a importância da existência de uma relação de proximidade e de parceria entre as empresas, a sociedade e a comunidade universitária, esta iniciativa pretende estimular a participação de estudantes e docentes, potenciando a sua capacidade de inovação, criatividade e desafio, tendo em vista a criação de projetos de novos produtos e serviços em torno de determinada temática. Este concurso tem proporcionado a construção de uma relação mais próxima entre as universidades e a sociedade em geral, e dado visibilidade aos jovens talentos e investigadores portugueses, graças à cobertura mediática que gera.

Sobre a Angelini Farmacêutica

A Angelini Farmacêutica faz parte do Grupo Angelini. Com sede em Itália, o Grupo começou por expandir a sua atividade em Portugal e Espanha, estando actualmente também presente na Europa de Leste e Grécia. Os seus produtos estão disponíveis em cerca de 60 países em todo o mundo e, em Portugal, a Angelini dispõe de um portefólio alargado de produtos, procurando um equilíbrio entre moléculas desenvolvidas internacionalmente e marcas desenvolvidas localmente como é o caso de Barral, Quitoso, Acutil e Optimus.

 [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]